08 jan 2016

só te preciso num infinito minuto, num infímo que me dê uma infinidade, nada mais posso desejar do que te saber encontrar num formato redondo sentado ou em pé, mas dentro em mim para te saber para te aprouver do imenso estado onde sem clique te possa ligar e ver, estás e estarás aí para te ouvir ou somente para num silêncio universal sentir-te como enorme, uma iluminação sem igual, preenchendo e iluminando a si chamando de nosso o mundo onde nos deixar habitar o sentir mais ímo do nosso ego ser

encontrar o que nos guia em nós e por nós é a magia da independência num estar em conjunto na competência da aceitação tolerância e gratidão

seguirmos sorrindo pelo estelar espaço onde viajar nunca nos levou, uma surpresa constante e, deixarmos-nos ir como somente uma luz à deriva fossemos, sem o medo de nos perdermos, o pânico de não nos acharmos, não esperarmos, sabemos que iremos encontrar sem nada querer o que temos missão de estar, viver e ser,

bem, eu encontrei, espero que todos encontrem também

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s